Reforma das instalações elétricas da Igreja Matriz

A Igreja Matriz de São Gonçalo, tombada por Lei Municipal, como patrimônio histórico-cultural, recebeu uma reforma elétrica nos últimos meses. A reforma era uma prioridade diante dos riscos de acidentes. Em maio de 2015, o Conselho Municipal do Patrimônio Histórico se reuniu para discutir sobre o assunto.  Padre Lúcio Camargos, Administrador Paroquial, membro do conselho, apresentou um laudo técnico sobre a vulnerabilidade da instalação elétrica da Igreja Matriz. Por unanimidade, os integrantes do conselho reconheceram a prioridade que se devia dar na reforma da parte elétrica da igreja. A secretária municipal de Cultura, Rosinha Silva, na ocasião, encaminhou ao prefeito Toninho André, o laudo e o projeto técnico para reforma para a tomada de providências. Foi feita uma licitação e uma posterior contratação de eletricista para a execução dos serviços. O valor da reforma elétrica ficou num total de R$35.734,90, na soma da mão de obra e do material elétrico utilizado. Com essas ações, diminuem-se os riscos de acidentes elétricos e danos ao patrimônio histórico-cultural que é a Igreja Matriz.




TAG's: Reforma, instalações, elétricas, Igreja, Matriz

Inicial | Voltar
Link permanente: