Vigilância Sanitária atua em defesa da saúde coletiva

A Vigilância Sanitária atua em defesa da saúde coletiva, desenvolvendo um conjunto de ações integradas e articuladas de coordenação, normatização, capacitação, educação, informação, apoio técnico, fiscalização, supervisão e avaliação, cujo objetivo é impedir que a saúde humana seja exposta a riscos. Busca combater as causas dos efeitos nocivos gerados em razão de alguma distorção sanitária, na produção e na circulação de bens, como também na prestação de serviços de interesse à saúde.

Regulamentada pela Lei Federal 8.080/90 (Lei Orgânica da Saúde), a Vigilância Sanitária conta com o trabalho e conhecimentos técnicos de profissionais de nível médio e superior de várias áreas de formações (química, farmácia, nutrição, medicina, engenharia, enfermagem, biologia, entre outras).

A participação da população, prevenindo ou denunciando situações que coloquem em risco a saúde da comunidade, é fundamental nesse processo.

Áreas de atuação

•             Locais de produção e comercialização de alimentos: restaurantes, bares, fábricas, supermercados, açougues, peixarias, frigoríficos etc.

•             Lojas e áreas de lazer: shoppings, cinemas, clubes, piscinas etc.

•             Locais públicos: escolas, hospitais, farmácias, salões de beleza etc.

•             Indústrias: cosméticos, medicamentos, produtos químicos, alimentos etc.

Como acionar a Vigilância Sanitária

Denúncias e reclamações podem ser encaminhadas  à Secretaria Municipal de Saúde.

 

Publicação 30/10/2017




TAG's: Vigilância, Sanitária, atua, defesa, saúde, coletiva

Inicial | Voltar
Link permanente: